domingo, 18 de setembro de 2011

Advogado de Murray passa mal e é atendido por seu cliente


Uma certa notícia está dando o que falar entre os fãs: Conrad Murray estaria tratando de seu próprio advogado, Ed Chernoff, de acordo com o Los Angeles Times. Será? Leia um trecho do artigo e deixe sua opinião: verdade ou apenas uma estratégia da defesa para mostrar que Murray é um médico 'competente e confiável'?



Um advogado inesperado para Conrad Murray


Por Harriet Ryan, Los Angeles Times / 12 de Setembro de 2011

Tradução por Felipe C. de Omena,

Especialmente para o blog Michael Jackson FC (mjj-fc.blogspot.com)


Com o julgamento pela morte de Michael Jackson se aproximando, o Dr. Conrad Murray encontra um inesperado paciente de cardiologia - seu próprio advogado. A bateria de exames determinaram que as dores no peito que Ed Chernoff estava sentindo eram sintomas de ansiedade, um diagnóstico que o paciente, um advogado prestes a atuar no maior caso de todos os tempos, não pode negar.

"Eu mastigo um desses por uma hora", disse Chernoff, segurando um charuto apagado, na primavera passada. Perto dele haviam pilhas de processos, testemunhos e relatórios forenses - uma pequena parte do arquivo do caso que monopoliza os seus dias e assombra os seus sonhos.

Chernoff jamais atuou com celebridades, e confessa odiar os holofotes. Sobre seus últimos casos, ele declarou: "Já tratei de briga de faca entre lésbicas, que significou muito para mim, ok?"



© 2010/2011 – MJJ FC – Os direitos autorais do texto pertencem só e exclusivamente a seu autor. É unicamente dever do autor garantir a integridade do mesmo.

18 comentários:

  1. Se é verdade que o advogado do "medicozinho" está sendo "tratado" por ele eu não sei, mas que ele deve estar ansioso ah isso deve estar mesmo!!!
    Porque o mundo inteiro está acompanhando e sabe que nós fãs e a família de Michael queremos JUSTIÇA PARA MICHAEL E CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  2. Para mim, isso é só mais uma jogada da defesa para colocar Murray como o 'bonzinho'. De qualquer forma, como a Zú falou, o advogado do diabo deve estar mesmo beeeem ansioso!

    ResponderExcluir
  3. Isso pra mim demonstra medo e insegurança em defender uma pessoa que claramente é culpada. E esse advogado bem sabe que se Murray for condenado, a carreira dele já era.

    ResponderExcluir
  4. "Competente e confiável"... nenhuma jogada conseguirá isso do CM.
    Se "briga de faca entre lésbicas" significou muito, ele deve estar subindo pelas paredes, a essa altura do campeonato.
    Ed que trate de arranjar outro médico, pois corre o risco de não sobreviver.

    JUSTIÇA PARA MICHAEL E CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  5. Conrad Murray, "cardiologista", administrou uma dose fatal de Propofol no cantor Michael Jackson, em "casa", por causa de sua insônia, e o fez de forma totalmente irresponsável. O mundo todo e ele próprio sabem que foi isso que aconteceu. E o assassino vai a julgamento e ainda corre o risco de ser inocentado! Como é que pode? Nesse caso, o julgamento deveria ser só pro-forma. Deveríamos estar tranquilos com sua condenação.

    Esse advogado deve estar pensando que entrou numa fria mas, os honorários compensam. Mesmo com essa compensação, está sentindo dores no peito, ansiedade... Eu aconselharia um outro médico. Mesmo que seja uma estratégia, todo cuidado é pouco.

    Isso mesmo, Zú, todos nós queremos JUSTIÇA PARA MICHAEL E CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  6. Olha o que li agora!

    "A defesa de Conrad Murray, o médico de Michael Jackson, vai alegar no tribunal, na próxima semana, que o cantor era tão viciado em Propofol que sabia injetá-lo sozinho, e que pode ter bebido altas doses antes de morrer, o que explicaria a autópsia ter encontrado o anestésico no estômago do cantor. As informações são do jornal DAily Mirror."

    Eles vão apelar para tudo!

    JUSTIÇA PARA MICHAEL E CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  7. Esse lance de encontrar propofol no estômago, eu nunca li nada sobre isso não!!!
    Deve ser mentira Dri...

    JUSTIÇA PARA MICHAEL!!!
    CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  8. Mike tomar propofol?? Isso é um absurdo!!!

    Bem que pode ser uma estratégia mesmo Felipe. Eles estão atirando para todos os lados para conseguir a absolvição do criminoso.

    Vamos todos torcer para o bom senso dos jurados.

    JUSTIÇA PARA MICHAEL!!!
    CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  9. Não sei nem o que comentar sobre as atitudes do médico, da familia, da justiça... tudo isso que andam mostrando. É tudo surreal.

    Agora esse lance do médico querer ficar mostrando um servicinho aqui um acolá...é pra mostrar que não é leigo ao extremo como mostrou ser.
    "Competente e confiável"... nenhuma jogada conseguirá isso do CM. "
    Um cardiologista que não sabe fazer CPR, e que aplica anestésico em seu paciente em casa...fica difícil mesmo né Guto?

    Falam tantos absurdos que fica difícil acreditar em tudo né, Zú?
    Também li o que Adrianice comentou. Estão dizendo isso agora, pode?

    http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/musica/2011/09/19/284589-advogados-de-conrad-murray-alegam-que-michael-jackson-pode-ter-bebido-medicamento

    Estão falando até que Michael brincava com as garrafas de "leite"... e que poderia ter bebido por estar maluco por não dormir e blá blá blá...
    Uma asneira pior que a outra esse pessoal fala, chega a dar náuseas.

    A testemunha Tim Lopes que havia sumido, apareceu.
    "O farmacêutico Tim Lopez testemunhou na audiência preliminar do Dr. Conrad Murray, em Janeiro, que ele vendeu mais de 15 litros do anestésico cirúrgico propofol para o apartamento da namorada de Murray durante os três meses antes da morte de Jackson."

    Gente mas fala sério!! 15 litros Murray comprou de propofol??? Isso é surreal! :O
    Um cardiologista compra essa quantidade de anestésico sem levantar suspeitas??
    Quinze litros em três meses...5 litros para cada mês! :O
    Estou pasma!!
    O absurdo é tão grande que não dá pra acreditar em nada disso.
    Vamos ver os próximos absurdos que ainda vão mostrar.

    E o pior é que muita gente vai acreditar que Michael era mesmo esse viciado que estão pintando.

    bjsss meus amigos fofos amo vcs!

    Michael...I love you more...L.O.V.E.

    ResponderExcluir
  10. "...ele vendeu mais de 15 litros do anestésico cirúrgico propofol para o apartamento da namorada de Murray durante os três meses antes da morte de Jackson."

    Só isso aí já é motivo de punição, gente! O que um cardiologista, sem intimidade profissional com o medicamento de uso hospitalar, vai fazer com uma quantidade tão grande (mesmo que fosse pequena) desse remédio? Resposta óbvia: provocar a morte de seu paciente. Mesmo que o Michael o obrigasse, ele não teria que fazer. Irresponsável!

    Agora ele vai fazer tudo para jogar a culpa na vítima.

    Esse advogado está ansioso e com dores no peito porque sabe que vai ter muito que apelar. Apelar para mentiras.

    A estratégia é para que as pessoas não esqueçam que ele tem "diploma" de médico. Onde o Michael encontrou essa criatura, hein?

    Essa do anestésico ter siso bebido foi demais!!!

    Estamos todos juntos nessa!

    JUSTIÇA PARA MICHAEL!!!
    CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  11. Serela, é tudo um absurdo só.
    Como vendem anestésico para um cardiologista? Tá aí?

    Remédio controlado, os psicotrópicos são uma coisa e anestésicos outra bem diferente.
    Se os psicotrópicos são controlados e tem a receita retida...pq venderam anestésicos para um cardiologista? Claro que teve um jeitinho...mas e a quantidade???
    Isso não existe.

    Logo que Michael "morreu", disseram que era overdose de demerol, depois mudaram para propofol.
    A diferença que há entre os dois é gritante.
    Demerol é controlado mas pode usar em casa, mas propofol é anestésico e só pode ser usado em hospitais.

    Mesmo eu não acreditando nessa "morte"...e nunca vou acreditar, confesso que meus eurônios todos entrando em curto.
    Onde querem chegar com tudo isso??
    Além de manipularem e praticamente obrigarem que as pessoas acreditem num Michael como eles querem pintar, não sei mais onde querem chegar com tudo isso.
    Talves queiram nos mostrar como somos cegos, manipuláveis e idiotas...só pode.

    Porque vão nos enfiar goela abaixo os absurdos que quiserem e teremos que engolir.
    Tudo como sempre foi…manipulam tudo como bem entendem.
    A verdade, mentira, absurdos e contradições se fundem aos nossos olhos deixando-nos completamente atordoados.
    Quando poderemos confiar em alguma coisa?? Quando?

    ResponderExcluir
  12. O doutor Conrad Murray, que teria sido a última pessoa a ver Michael Jackson vivo, não era apenas o médico do cantor. Segundo o site TMZ, Matt Alford, advogado do cardiologista, disse que ele tratou os três filhos de Michael "de várias doenças" desde 2006. Alford disse também que Murray continuava a examinar as crianças periodicamente.

    http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI79440-9531,00-MEDICO+TAMBEM+CUIDAVA+DOS+FILHOS+DE+MICHAEL+JACKSON.html
    ......

    ” Os dois se conheceram em 2006 quando o Dr. Murray se mudou para Las Vegas com seus três filhos. Logo após Prince teria ficado doente, e um dos guarda-costas do cantor recomendou que Murray tratasse de Prince, e foi aqui que começou a amizade deles.
    O médico logo começou a tratar do próprio Michael Jackson, que gostou do trabalho do médico e deu sua saúde nas mãos de Murray.
    Eles eram amigos íntimos pessoais. Michael Jackson realmente tratou-o como um membro da família “.
    Conforme o tempo passava, MJ confiava mais e mais em Conrad Murray. Então, como foi amplamente noticiado, Murray foi contratado como um médico a tempo integral para tratar do cantor na turnê This is it."

    .....

    São tantas controvérsias...se fosse uma ou duas...mas são muitas.

    ResponderExcluir
  13. Pois é meninas, eu SEMPRE pensei que nos EUA os remédios fossem mais controlados!!!
    Não é só aqui no Brasil que se dá um "jeitinho" prá tudo...

    JUSTIÇA PARA MICHAEL!!!
    CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  14. A meu ver, por esse crime ter acontecido num país como os Estados Unidos, não deveria haver risco de CM não ser condenado. Está tão claro que houve um assassinato!

    JUSTIÇA PARA MICHAEL!!!
    CADEIA PARA MURRAY!!!

    ResponderExcluir
  15. Amiga Adrianice,
    Também não deveria haver risco algum de Michael ser condenado em seu julgamento sobre as falsas acusações, e no entanto houve.
    Michael temeu ser condenado, mesmo sendo inocente, porque sabia muito bem sobre a corrupção existente na justiça americana. Não só ele sabia das corrupções como Willian Wagner também.
    Willian Wagner luta para colocar Sneedon na cadeia antes que esse monstro morra de velhice. William luta para mostrar toda corrupção de sneedon no julgamento de Michael, e também de outras tantas condenações vítimas da corrupção.

    Então penso assim:
    Não deveria haver risco de Murray não ser condenado,não por ter acontecido nos Estados Unidos, mas sim por ter demonstrado intenção de matar...pq um médico que usa anestésico em seu paciente dentro de sua própria casa está evidentemente e conscientemente, colocando em risco sua vida...ou está matando lentamente seu paciente.

    Por todos os absurdos mostrados desde o fatídico
    dia que Jermaine declarou ao mundo a "morte" de Michael, que passei a questionar e a olhar com outra visão tudo que aconteceu e o que vem acontecendo.

    bjsss

    ResponderExcluir
  16. A Maíra tocou em um ponto importante: "um médico que usa anestésico em seu paciente dentro de sua própria casa está EVIDENTEMENTE e CONSCIENTEMENTE colocando em risco sua vida". É exatamente isso que me faz pensar que um julgamento por homicídio culposo (sem intenção de matar) é totalmente ridículo num caso como esses, pois Murray sabia que estava matando Michael! Então não foi sem intenção, foi um homicídio consciente.

    HOMICÍDIO CULPOSO? ISSO É HISTÓRIA PRA BOI DORMIR!
    A justiça está sendo muito falha, ao meu ver.

    ResponderExcluir
  17. Dr. Conrad Murray se for condenado, pode não cumprir o tempo todo de prisão

    Com o julgamento do Dr. Conrad Murray a começar em poucos dias, RadarOnline soube com exclusividade que mesmo que o cardiologista seja condenado por homicídio involuntário pela morte do superstar Michael Jackson, ele pode não passar o tempo todo na prisão.
    E talvez ainda mais chocante, com o problema de superlotação nas instalações de prisão de área de Los Angeles, se ele for para a cadeia, Murray poderia ficar apenas um ano em uma cadeia do Condado, em vez de uma prisão Estadual.
    Jackson morreu em 25 de Junho de 2009, de intoxicação aguda de Propofol. Dr. Murray admitiu ter dado o Rei do Pop o poderoso anestésico, mas ele nega ter-lhe dado a dose fatal que terminou com a sua vida.
    O famoso advogado de Hollywood Mark Geragos disse à RadarOnline, que se Dr. Murray for condenado por acusação de homicídio involuntário, “ele poderia absolutamente evitar a prisão estadual o juiz Michael Pastor pode condena-lo a liberdade vigiada, ou seja, ele pode não cumprir o tempo todo de prisão, ou pode cumprir sua pena em uma prisão do Condado de Los Angeles. Juiz Pastor tem a critério exclusivo de como sentenciar Dr. Murray, se ele for condenado”.
    Geragos, que fez parte da equipe de defesa criminal que representou Michael Jackson no seu caso de abuso de 2005, dos quais o rei do Pop foi absolvido, diz que uma vez que não havia nenhuma arma, como uma pistola ou uma faca envolvidos na causa de morte, ” o juiz Pastor pode enviar Dr. Murray para uma cadeia do Condado. O promotor poderia opor-se a uma sentença que não inclua a prisão estadual, mas isso é tudo o que podem fazer. Dr. Murray está enfrentando no máximo quatro anos se ele for condenado.”
    As prisões do condado de Los Angeles, estão notoriamente superlotadas, e a maioria dos detentos cumprem apenas cerca de 25% da sua pena real, o que significaria que Dr. Murray poderia estar a olhar cumprir apenas um ano em uma cadeia do Condado se condenado ao máximo nos termos da lei.
    “O xerife determinará sobre qual a percentagem de tempo que Dr. Murray teria que cumprir, caso ele seja sentenciado a cadeia do Condado. O juiz não tem absolutamente nenhum controle sobre as prisões,”revela Geragos. “Dr. Murray vai ser absolvido ou condenado com seleção de júri.”
    Fonte radaronline
    .......

    Seee acaso Murray for condenado, poderá ficar apenas um ano preso, coisa que acho bem difícil de acontecer, porque tudo indica que quem será julgado será Michael por ser louco, frágil, drogado, etc... e no rumo que estão indo as coisas, talvez ele seja condenado por ter induzido o médico irresponsável a fazer a tal cagada. (desculpem, mas não existe outra palavra que se encaixe nos absurdos mostrados)

    Pode até ser que Murray “aceite” ser condenado e ficar preso por um ano. Um ano passa muito rápido...
    tsc tsc tsc…

    Então Fê, meu fofo, está tudo muito estranho mesmo, tudo sem nexo...inacreditável.
    Não acredito que a justiça agiria dessa forma na investigação e julgamento de uma morte com tantas evidências até pra nós que somos leigos.

    Bjsss te amo!

    Michael...I love you more…L.O.V.E.

    ResponderExcluir