quinta-feira, 28 de julho de 2011

Amy Winehouse - R.I.P.


Como todos sabem, no dia 23/07, último sábado, morreu a cantora britânica Amy Winehouse, aos 27 anos. Até agora, não se sabe ao certo qual foi a causa. O talento indiscutível da superstar não a impediu de entrar no mundo das drogas e bebidas. Mas, nada é por acaso: Amy era revoltada por causa de sua conturbada família. O pai traía a mãe com uma colega de trabalho. Tudo isso, somado à influência do ex-marido Blake Fielder, resultaram no seu vício.

Você deve estar se perguntando: "Ok! Mas o que isso tudo tem a ver com Michael Jackson?"

Em 2009, pouco tempo após a morte do Rei do Pop, Amy declarou ter visto o seu espírito. Verdade ou não, a notícia não deixa de ser intrigante, afinal, menos de 2 anos depois ela realmente perderia tudo - inclusive a vida.

Amy Winehouse disse a uma amiga que a visita do espírito de Michael Jackson a ajudou a ficar longe das drogas. 'Amy ouviu a voz de Michael lhe dizer que se não saísse dessa (do vício), perderia tudo', contou uma fonte à revista People. [Fonte: Terra]


Amy sempre declarou ser fã de Michael Jackson. Em 2007, prestou uma homenagem ao astro, cantando, com Charlotte Church, a música 'Beat It', sucesso do álbum Thriller (veja vídeo). Um ano depois, ao ser questionada sobre o seu artista favorito, a cantora não hesitou:

Michael Jackson! Ele é a única pessoa em quem acredito realmente, um músico sábio, que eu creio ser verdadeiramente mágico.


A carreira de Winehouse foi rápida. Seu sucesso apenas se consolidou após o lançamento do álbum 'Back to Black', disco mais vendido de 2007, que deu-lhe a vitória em 5 categorias do Grammy Awards. Mesmo assim, sua voz marcou o mundo da música.

Descanse em paz, Amy!



© 2010 – MJJ FC – Os direitos autorais do texto pertencem só e exclusivamente a seu autor. É unicamente dever do autor garantir a integridade do mesmo.

15 comentários:

  1. Cara, estava sentindo falta de uma postagem sobre a Amy, até porque ela era, sim, fanzona do Michael.
    Você escolheu bem as fotos: ela está muito bonita. Algumas são lamentáveis.
    Pode não ter sido a droga que acabou com sua vida, mas que deu uma boa contribuição, ah, isso deu.
    Sua carreira foi breve mas, marcante. Não só pela bonita voz, também pelos vexames causados pelo álcool.
    Só nos resta desejar um "descanse em paz, Amy!"

    ResponderExcluir
  2. Gostava muito da Amy ela era autêntica. Fiquei muito triste com a morte dela. Era tão jovem.
    A música que eu gosto muito é no no no.

    L.O.V.E.

    ResponderExcluir
  3. Lindas as fotos de Amy que você postou Felipe!
    Porque como disse o Guto, tem algumas em que ela está deplorável!
    Ela era muito bonita, uma beleza exótica!
    Sua voz era esplêndida!
    Uma perda precoce, mas previsível!
    Ouvi hoje uma notícia de que talvez ela tenha morrido devido a uma crise de abstinência, pois estava 15 sem beber...
    Vamos aguardar...
    Descanse em paz, Amy!

    ResponderExcluir
  4. Eu nem tinha conhecimento dessa declaração dada pela Amy...Realmente é bem estranha, mas pode ter sido apenas fruto da imaginação dela.
    Foi uma grande perda pra música a sua morte. Eu não imaginava que aconteceria tão cedo.
    Que ela possa descansar em paz.

    ResponderExcluir
  5. Há alguns dias, antes de sua morte, li, na primeira página da Uol, num quadrinho pequeno, uma declaração de alguém dizendo que "Amy Winehouse vai morrer". Achei estranho. Agora, no entanto, faz todo sentido.

    Depois de sua morte, fiquei sabendo que havia até apostas na Bolsa de Valores, sobre quando o óbito aconteceria. Já pensou!?
    Portanto, uma perda precoce, mas previsível, como disse a Zú.

    Amy apareceu de repente. Não acompanhava seus sucessos. Observei que a voz dela era muito bonita, forte, determinada. Casualmente, vi um show em que ela estava, nitidamente, alcoolizada e não gostei. Aí, de repente, ela morre. Como um cometa.

    A morte de alguém jovem é sempre muito triste. Em especial da forma como foi: um suicídio indireto.

    Um bom descanso!

    ResponderExcluir
  6. Michael fazendo caridade até em espírito! Quem vai saber se ela viu mesmo?

    Ela tinha uma beleza intrigante. Em algumas fotos ela aparecia linda, em outras, horrorosa! Não se pode duvidar da voz... era belíssima!

    Mike era seu artista favorito! Um ponto em comum.

    Descanse em paz, Amy!

    ResponderExcluir
  7. Cada um tem sua vida e suas atitudes assim ou assado por algum motivo ou outro, ou porque quer que seja assim e ponto...vá saber o que se passa dentro de cada um né??
    Mas, foi muito triste ver uma jovem cantora, com a voz tão bonita, se acabar assim. Como também foi lamentável vê-la se apresentando em seus shows, totalmente bêbada e drogada.
    Sua voz era lindíssima, mas não me simpatizava com o estilo musical de Amy, com suas apresentações, e nem com as mensagens transmitidas em suas músicas, embora eu conheça poucas. Mas fiquei bastante triste, por vê-la morrer assim tão nova e dessa forma.

    Descanse em paz, Amy.

    ResponderExcluir
  8. Amo Amy de paixão! Mesmo sabendo que o caminho das drogas e do álcool leva a esse desfecho terrível, ainda tinha esperança de que ela se reabilitasse, até porque tinha condições financeiras para se tratar.

    Mas não foi o que aconteceu e ela morreu. Que coisa triste! Uma garota tão jovem, uma artista completa, se deixar afundar por esse mal terrível. Mas é isso que a droga faz.

    O império das drogas! Até quando isso vai continuar? Esse mal chegou para destruir as pessoas e nada pode ser feito? Um mal que escraviza, que domina, que deixa suas vítimas a mercê de sua ação.

    Ela e outros se foram. E muitos outros se vão, famosos ou não. Amy ampliou o time dos que morreram aos 27 anos, também vítimas do mesmo mal. E agora só nos resta ouvir suas músicas, não tantas, pois teve uma carreira breve.

    Uma das músicas que mais gosto dela é "You know I'm no good". É linda! Se alguém ainda não ouviu, ouça, vale a pena.

    Que bom que o nosso Michael Jackson era o artista favorito de Amy Winehouse. Ele era verdadeiramente mágico e tocava o coração de todos!

    Descansem em paz, os dois!

    ResponderExcluir
  9. "You Know I'm No Good" é muito bonita, só que um pouco melancólica. Aliás, os clips da Amy me passam uma ideia de tristeza. Mas, de um modo geral, as músicas são bonitas.

    ResponderExcluir
  10. Amy realmente era muito talentosa. É uma pena que tenha ido no caminho das drogas! Infelizmente, tudo acabou assim... tragicamente.

    Li que seu pai, Mitch Winehouse, distribuiu alguns pertences (jóias, bijuterias, óculos, camisetas, etc) da filha para os fãs. Seria ótimo se a família de MJ também fizesse isso, mas é difícil, pois aqueles lá só pensam em lucrar (minha opinião). Anyway...

    Descanse em paz, Amy!!! :(

    ResponderExcluir
  11. Minha opinião também, Felipe. A família do Rei ainda vai faturar muito em cima de sua memória. O que eles puderem explorar...
    Amy, apesar de uma carreira breve, conseguiu fazer muitas músicas e, algumas, ainda inéditas.
    Pena que ela não soube aproveitar todo o seu potencial.

    ResponderExcluir
  12. You Know I'm No Good é bonita, Serela!
    Rehab também.
    As músicas dela só agora eu estou conhecendo. Ela não invadiu o meu mundo.

    ResponderExcluir
  13. A revista Isto É, de 03/08/11, traça o perfil doentio de Amy.
    Ela afirma que a cantora sofria de uma "enfermidade psiquiátrica denominada Transtorno da Personalidade Boderline", predominante em mulheres.
    Seria interessante você ler, Serela (se ainda não leu). A reportagem está bem explicativa.

    ResponderExcluir
  14. Obrigada, Guto! Acabei de comprar.

    "Amy hoje tem paz, o torno boderline afrouxou-se, a montanha-russa boderline cessou de despencar, mas é a inútil paz dos mortos, não a fecunda paz dos vivos." - Revista Isto É.

    Eles se enganaram aí. A paz dos "mortos" não é inútil. Ela está bem viva, num outro plano.

    ResponderExcluir
  15. "Eles se enganaram aí. A paz dos "mortos" não é inútil. Ela está bem viva, num outro plano."

    Concordo, Serela.

    ResponderExcluir