quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Merry Christmas!

"É um grande privilégio para mim ter essa oportunidade de mandar para todos os meus fãs do Reino Unido uma mensagem nesse dia tão importante. Neste dia, mais do que em outros, nos concentramos em amarmos uns aos outros e nos doarmos. Vamos fazer isso, não só em uma dia do ano, mas nos 365 dias. A Heal The World Fundation está funcionando e realizando doações valiosas. Porém o mais importante é amarmos uns aos outros, esquecer o ódio e nos voltarmos para aqueles que estão sofrendo. Não só hoje, mas em todos os dias. Junte-se a mim para curar o mundo e fazer dele um lugar melhor. Obrigado!"

- Michael Joseph Jackson
--------------------------------------------------------


Natal é época de confraternização, solidariedade. Mas não devemos ser solidários só no Natal. Devemos ser generosos sempre, não apenas em datas comemorativas.

Que o seu Natal seja repleto de paz, alegria e realizações. Tente lembrar-se do verdadeiro sentido dessa data, que é muito mais do que simples trocas de presentes. Dê amor no Natal, e faça esse amor durar durante todo o ano de 2011!

Como essa é a última postagem de 2010, já quero deixar os meus votos de Feliz Natal e Ano Novo cheio de realizações para quem visita o blog! Espero que vocês continuem vindo aqui em 2011, para compartilhar conosco sua incrível admiração pelo Rei do Pop.

Enfim, encerro esse post com vídeos feitos pela fã Mary, com mensagens de 51 fãs em homenagem a Michael. Espero que gostem!

NOS VEMOS EM 2011!


Parte 1

Parte 2

Parte 3



© 2010 – MJJ FC – Os direitos autorais do texto pertencem só e exclusivamente a seu autor. É unicamente dever do autor garantir a integridade do mesmo.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Hold My Hand

Hold My Hand foi lançada no dia 15/11/2010 como o primeiro single do novo álbum 'Michael'. É uma maravilhosa música, resultado da parceria do Rei do Pop com o cantor Akon.

Em 2008, uma versão inacabada da canção vazou. Agora, com o álbum Michael, Hold My Hand foi finalizada e está mais perfeita do que nunca. TOP 10 em diversos países! A Sony e o espólio revelaram ter uma nota escrita a mão pelo próprio Rei do Pop, declarando o seu desejo de que Hold My Hand fosse o primeiro single do próximo álbum. E assim foi feito.

"Essa vida não dura para sempre/Então me diga o que estamos esperando/Juntos podemos ser fortes/Nós podemos agarra-nos uns aos outros até que o sol surja/Portanto, se você apenas segurar minha mão/As coisas vão melhorar se você só segurar minha mão/Segure minha mão" diz a música, transmitindo a mensagem de que 'a únião faz a força'.

No dia 09/12/2010 o clipe Hold My Hand foi divulgado. O primeiro clipe póstumo do Rei do Pop! Com a participação de Akon, o vídeo contém diversas imagens de Michael Jackson e de fãs, que são exibidas ao som do 'hino'. "O vídeo é um tributo a tudo aquilo que Michael representa: a vida e todas as suas formas, o amor e sua energia. É um vídeo de lembranças", declarou Mark Pellington, o diretor.

Não há como não ficar triste ao ouvir Hold My Hand. A saudade toma conta da música, do início ao fim. Como Michael mesmo disse, "essa vida não dura para sempre". E, realmente, não dura. Ele se foi, e tudo que nos resta é espalhar seu legado e admirar seu talento, que continua registrado em canções e apresentações.

Se nos unirmos, tudo melhorará.

Por isso, SEGURE MINHA MÃO!




© 2010 – MJJ FC – Os direitos autorais do texto pertencem só e exclusivamente a seu autor. É unicamente dever do autor garantir a integridade do mesmo.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O que realmente aconteceu com Michael Jackson?

Como todos já devem saber, Joseph Jackson está no Brasil. Motivo: divulgar, junto com Leonard Rowe, o livro 'O que realmente aconteceu com Michael Jackson?'. Segundo eles, o Rei do Pop teria sido assassinado!

O livro trata de uma 'conspiração' da Sony. "Michael era dono de metade da Sony Music. Ele era dono de um catálogo com milhares e milhares de canções. As pessoas não queriam que ele fosse dono desse catálogo, eles queriam tirar isso dele, e uma das coisas que Michael me disse foi: 'Rowe, eles me matariam por esse catálogo!' Na época eu não acreditei", disse Leonard, autor do livro, no 'Domingão do Faustão'. Essas palavras lembram alguma coisa? Revendo a entrevista de Lisa Marie Presley com Oprah Winfrey, me deparei com Lisa falando o seguinte: "O final da conversa foi ele me dizendo que sentia que iam tentar matá-lo por causa do catálogo. [...] Não vou mencionar os nomes, mas ele expressou uma preocupação sobre sua vida". Diante de tudo isso, não tem como não ficar com uma pulga atrás da orelha!

Quanto ao testamento, Joseph e Leonard Rowe foram previsíveis. "Michael deixou bem claro para mim: 'Eu quero que você separe uma certa quantia de tudo que eu fizer e dê à minha mãe. Essa quantia é para minha mãe e meu pai'. Joe nunca foi deixado de fora, mas é isso que eles querem que o publico acredite para que eles possam continuar roubando a riqueza do Sr. Jackson", disse Rowe para o Faustão.

Na mesma entrevista, Leonard desviou o assunto e comentou sobre o apego de MJ pelo Brasil: "Michael e eu conversamos sobre o que ele faria depois da turnê em Londres, quando acabasse. Ele disse 'Nós vamos fazer uma turnê pelo mundo!'. Mas o primeiro lugar que ele gostaria de vir era a América do Sul, porque ele amava o Brasil. [...] E é por isso que eu quis lançar o livro primeiramente aqui". O Rei do Pop sempre declarou que tinha um apreço especial pelo nosso país. Prova disso é o clipe They Don't Care About Us. Mas Michael disse que This Is It seriam suas últimas apresentações. Não tem sentido já estar pensando em uma próxima turnê. Estranho...

Na minha opinião, o lançamento desse livro chega a ser perigoso. Todos sabem que Tommy Mottola não é flor que se cheire. Se o livro estiver certo sobre esse assassinato, não duvido de mais nada. "O lado obscuro da indústria do entretenimento" é a frase presente na capa. É esse lado 'obscuro' que Leonard quer mostrar, e que com certeza existe.


© 2010 – MJJ FC – Os direitos autorais do texto pertencem só e exclusivamente a seu autor. É unicamente dever do autor garantir a integridade do mesmo.