terça-feira, 15 de junho de 2010

Justiça nega pedido de suspensão contra médico de Michael Jackson

"Conrad Murray, que será, no dia 23 de Agosto, julgado pelo homicídio involuntário de Michael Jackson, poderá, segundo a decisão de um juiz do estado da Califórnia (EUA), continuar a exercer medicina. Apesar da decisão do tribunal, porém, o conselho de médicos da Califórnia poderá ainda avançar com um processo para suspender a licença de Conrad Murray.

Desde a morte de Michael Jackson no dia 25 de Junho de 2009 que Murray está proibido de exercer a profissão no estado da Califórnia, tendo vindo a obter fundos para pagar a defesa a partir do seu trabalho nos estados do Texas e do Nevada, algo que lhe é permitido segundo a lei federal dos Estados Unidos da América. Ainda assim, apesar de ter conseguido evitar a perda da licença, o médico continua proibido de receitar sedativos aos seus pacientes, pois foi a administração do anestésico Propofol por Conrad Murray que provocou, ostensivamente, a paragem cardíaca que vitimou o músico.

Os pais de Michael Jackson, Joe e Katherine acompanharam esta decisão do tribunal, divulgada ontem, ao lado dos filhos Jermaine, Randy (estes dois antigos membros do grupo Jackson 5) e LaToya Jackson.

Segundo a CNN, a família de Michael Jackson acredita que a sua morte se tratou de uma conspiração, embora declare não ter provas concretas disto, ou acerca do envolvimento de Conrad Murray na eventual trama."

Fonte:
DN - Diário de Notícias

•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

Que juiz mais incompetente... Está demorando muito para esse Murray receber alguma punição!



© 2010 – MJJ FC – Os direitos autorais do texto pertencem só e exclusivamente a seu autor. É unicamente dever do autor garantir a integridade do mesmo.

4 comentários:

  1. Pelo jeito não é só no Brasil que a justiça é lerda.
    Primeiro teve a troca do juiz e agora isso?????
    Espero que o Conselho dos médicos da Califórnia consigam fazer algo!
    O doutorzinho não pode ficar impune!
    De uma coisa eu tenho certeza.
    NUNCA saberemos ao certo o que aconteceu naquele fatídico 25 de junho de 2009.
    MJ forever!

    ResponderExcluir
  2. concordo q palhaçada mew
    qta injustiça
    mas fazer oq
    o mundo está empregando cada vez menos
    uma justiça rápida e justa
    Isso ke sempre axei os EUA modelo mundial de justiça
    mas pelo que estou vendo é completamente o contrário do q pensava :s.
    Mike Forever!!!

    ResponderExcluir
  3. Zú, para mim já ficou claro o que aconteceu naquele maldito dia. O canalha do Murray deu anestésicos fortíssimos para Michael, o que ocasionou sua morte. Sabemos que overdose de remédios mata, não é mesmo?! Ainda mais analgésicos e anestésicos tão fortes quanto aqueles. Propofol... nossa! Com tanta apuração e investigação, já ficou mais claro para mim o que aconteceu. Porém essa enorme investigação pouco serviu para punir o Murray, pelo menos até agora...

    ResponderExcluir
  4. Pois é Felipe!
    Michael foi preso "algemado" no último processo e o "doutorzinho" que é um ASSASSINO, merecia ir pra cadeia com uma "pulserinha" nos dois punhos, não foi feito nada!!!
    MJ forever!

    ResponderExcluir